Planta Ornamental: Jiboia

Scindapsus

Praticamente todas as pessoas gostam de plantas ornamentais, mas nem todas tem a chance de cultivá-las em casa. Plantas exigem cuidados especiais e bastante atenção é preciso saber dessa necessidade antes de adquirir uma muda. Algumas pessoas preferem plantas apenas com folhagens, espécies onde sobressaia o belo verde das folhas, mas também há quem prefira as espécies com grandes flores coloridas.

A jiboia é um tipo de folhagem bastante ornamental, considerada semi-herbácea, ela é amplamente usada em residências, escritórios, áreas internas e externas.

Pertencente a família das araceae, existem dois tipos mais comuns de jiboias: a branca conhecida como Scindapsus aureus e a verde – Philodendron scandens.

As lendas e historias populares que envolvem essa espécie de planta são muitas, principalmente na região nordeste e norte do nosso pais. Acredita-se que deve-se cultivar uma jiboia em casa como uma forma de proteção para os moradores, ela é capaz de absorver as energias negativas de uma visita desagradável, por exemplo.

As crendices populares em torno da jiboia variam muito, principalmente de acordo com o estado brasileiro. A popularidade dessa planta é muito grande e por isso as lendas foram se espalhando através do tempo.

A jiboia é planta cujo ciclo de vida é perene, suas folhas são variegadas nos tons de amarelo ou branco. Originária das Ilhas Salomão essa espécie suporta muito bem as altas temperaturas, ideal para ser cultivada em países tropicais como o nosso. Sendo assim, é importante ressaltar que a jiboia não tolera baixas temperaturas, geadas e fortes correntes de vento.

Em geral essa espécie costuma ser cultivada apoiada em suportes de xaxim, devido ao seu crescimento rápido e impetuoso. Ela é bastante vistosa, ideal para decorar interiores e varandas.

Inicialmente suas folhas são pequenas sem variegações ou recortes, a medida que ela vai crescendo, as folhas se tornam variegadas e de tonalidade verde brilhante.

O ideal é que essa planta seja cultivada a pleno sol ou a meia sombra, locais com forração ou áreas bem sombreadas próxima de outras arvores são ideais para o seu desenvolvimento.

Podemos encontrar jiboias em vasos sobre blocos de substratos, esse tipo é o mais indicado para interiores.

É importante frisar que essa espécie é toxica caso ingerido, portanto mantenha sua jiboia longe do alcance de crianças e de animais domésticos.

Comentários

Comentários